Uma turma de alunos da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), esteve no último sábado, dia 15, visitando a Escola Família Agrícola Antônia Suzete de Olivindo da Silva, em Valparaíso, para conhecerem as ações pedagógicas desenvolvidas na escola com foco, principalmente, nas atividades de Educação Ambiental.

Os estudantes da universidade, que estão no 7º semestre do curso de Pedagogia, escolheram a escola para um estudo de campo sobre as práticas exitosas que são implementadas junto ao currículo escolar e que agregam conhecimento nos assuntos voltados para a preservação do meio ambiente e o fortalecimento da identidade cultural, que dentro das disciplinas ofertadas, é considerado um dos temas essenciais para o estímulo e a percepção crítica na formação dos professores.

Na ocasião, os educadores, que já se preparam para a construção dos planos de aula para quando começarem a lecionar, puderam ver de perto uma escola com práticas sustentáveis em diferentes vertentes e eixos temáticos, com várias tecnologias instaladas dentro e fora de sala de aula, que foram construídas pelas mãos dos próprios alunos e educadores durante as formações do Projeto Ventos que Transformam, da Echoenergia com realização do Instituto Brasil Solidário.

Desde a biblioteca, que traz um registro do protagonismo dos alunos em todas as atividades, até as áreas verdes da escola, que hoje contam com filtro de águas cinzas, aquecedor solar, forno solar, viveiros sendo trabalhados junto as técnicas de compostagem até as lâmpadas solares instaladas na sala de aula, os exemplos e boas práticas fomentadas dentro da escola mostraram as muitas oportunidades de aprendizado da educação ambiental de forma dinâmica e envolvendo atividades que podem mobilizar toda a comunidade escolar.

“Fiquei apaixonada pelo processo pedagógico e ambiental da escola, só tenho a parabenizar toda a equipe de educadores”, ressaltou a estudante Railane Sabóia durante a visita.

Segundo a coordenadora pedagógica da escola, Érika Sá, as ações foram vistas de forma muito positiva pelos estudantes, principalmente, por se tratar de atividades que podem ser replicadas com materiais de fácil acesso. “Foi um momento muito significativo de partilha de experiências e saberes, eles conheceram o trabalho pedagógico e também toda a questão histórica da comunidade e a escola em todo o seu contexto social”, disse.

Compartilhe nas redes sociais

Conheça os Ativos da Echoenergia

CE RN PE BA

Centro de operação da geração (COG)

São Paulo

Referência em inovação tecnológica no setor, o COG monitora 24x7 todas as
atividades de operação dos empreendimentos eólicos da Echoenergia

Saiba mais