Um novo espaço de visitação e atividades pedagógicas com viveiro e mudas sendo doadas para a comunidade!

Essa iniciativa foi uma das ações proporcionadas através do Projeto Ventos que Transformam, da Echoenergia com realização do Instituto Brasil Solidário, que além de atividades de capacitação para os Guias do Parque Nacional de Ubajara, proporcionou a doação da estrutura de um viveiro, junto com mudas nativas, permitindo ampliar as atividades não só turísticas, mas de aprendizado para moradores e alunos da região.

A parceria com o Parque, permitiu ainda atividades conjuntas dos eixos de educação nas escolas em Ubajara e Tianguá, incluindo a elaboração de um Roteiro Ecoturístico de orientação para os visitantes, que foi elaborado durante a formação com os Guias, agregando informações que envolvem desde a parte histórica, curiosidades regionais e o roteiro de passeios, até detalhes da geologia da Chapada da Ibiapaba.

Em visita realizada na última quarta-feira, dia 23 de janeiro, com a equipe do IBS e representantes  da Echoenergia, o chefe do Parque Nacional de Ubajara, Gilson Mota, ressaltou a importância das ações iniciadas pelo projeto e que seguem sendo fomentadas, inclusive com reconhecimento da comunidade local.

Segundo Gilson, em audiência pública realizada recentemente com participação da comunidade, os moradores ressaltaram e defenderam que fosse incentivado mais iniciativas de outras empresas com a mesma proposta iniciada pelo Projeto Ventos que Transformam, considerando o impacto social e de mudanças efetivas que foram conquistados nesse primeiro ano de atuação do projeto.

De acordo com a Echoenergia, a ideia é continuar fortalecendo essa parceria, reconhecendo a importância do Parque para o legado cultural, social e econômico com o fomento do turismo na região.

“Esse é um investimento social que sempre traz um impacto muito positivo para a comunidade.  As ações de capacitação e formação dos Guias gera um retorno imediato de qualidade do turismo e de conhecimento para os turistas que visitam o parque, e isso se estende também para os moradores do entorno, permite um maior interesse em conhecer essa parte histórica e geológica da região.  É um legado muito importante para o município”, pontua Vivian.

Durante a visita, o diálogo com os realizadores do projeto e a gestão do Parque Nacional de Ubajara foi de fortalecimento da parceria e planejamento para a continuidade das ações, que podem ser ampliadas e se tornar um roteiro contínuo no calendário escolar das atividades em campo na região.

Compartilhe nas redes sociais

Conheça os Ativos da Echoenergia

CE RN PE BA

Centro de operação da geração (COG)

São Paulo

Referência em inovação tecnológica no setor, o COG monitora 24x7 todas as
atividades de operação dos empreendimentos eólicos da Echoenergia

Saiba mais