A boa prática na manutenção de parques eólicos é essencial para que a disponibilidade das turbinas seja sempre a máxima possível. Com as turbinas disponíveis, todo o vento que puder gerar energia é aproveitado.

De forma simplificada, a manutenção pode ser classificada em duas categorias:

  • Preventiva
  • Corretiva

E ocorre em diferentes elementos dos parques eólicos:

  • Turbinas eólicas
  • BoP (Balance of Plant) elétrico e civil

A manutenção preventiva ocorre em ciclos previstos nas especificações técnicas de cada modelo de turbina e de cada componente elétrico das redes de transmissão e sub-estações dos parques.

A otimização das manutenções preventivas se dá na combinação das mesmas, fazendo com que cada minuto de turbinas paradas seja aproveitado ao máximo para a execução das manutenções que são necessárias. Ainda, essas paradas são agendadas em períodos de menor vento (durante o dia e no primeiro semestre, normalmente). Assim, o volume de energia que é perdido durante essas manutenções é o menor possível.

A manutenção corretiva ocorre quando algum componente da turbina ou BoP falha, causando a perda de geração no período de indisponibilidade até que a intervenção seja feita e a medida corretiva seja tomada. Dessa forma, a manutenção corretiva é mais difícil de ser planejada, e deve ser a mais minimizada possível.

Um estoque de peças e equipamentos adequado e um time de técnicos especializados são os elementos-chave para que o MTTR (Mean Time to Repair, ou tempo médio para o reparo) seja o menor possível nos parques eólicos.

Todas essas atividades devem ser feitas com a máxima segurança, o que requer um nível adequado de controle e rastreabilidade. Para isso, qualquer ação nos parques eólicos requer a liberação dada pelo CoG (Centro de Operação da Geração), na forma de OSs (Ordens de Serviço).

Conheça os Ativos da Echoenergia

CE RN PE BA

Centro de operação da geração (COG)

São Paulo

Referência em inovação tecnológica no setor, o COG monitora 24x7 todas as
atividades de operação dos empreendimentos eólicos da Echoenergia

Saiba mais