22/03/2019

Dia Mundial da Água: preservar é dever de todos

Consumo responsável para um futuro renovável

Criado no ano de 1992 pela ONU (Organização das Nações Unidas), o Dia Mundial da Água já é celebrado há 27 anos, sempre em 22 de março ao redor mundo. A data tem objetivo de evidenciar questões atuais acerca dos recursos hídricos.

O Brasil conta com uma das maiores reservas de água do planeta, inclusive doce. Mas os recursos e o acesso à água potável ainda estão distribuídos de forma desigual no território. De acordo com a Agência Nacional de Águas (ANA), a média anual de consumo no país é de 1.081.380 litros de água (ou 1.081,3 m3/s).

Destes milhares de litros, 67,2% é utilizado para irrigação, 11,1% para abastecimento animal, 9,5% pela indústria, 8,8% para abastecimento urbano, 2,4% no abastecimento rural, 0,8%  em mineração e 0,3% nas termelétricas. * Assim, consumir de forma responsável é, portanto, uma das maneiras que setores da sociedade e as pessoas de modo geral podem contribuir com sua preservação.

 

Além de consciência, ações coletivas são necessárias para a defesa dessa fonte essencial à vida. Apenas assim será possível atingir o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 6, elaborado pela ONU: assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos e todas.

Ventos que Transformam

A Echoenergia tem ciência do valor deste recurso na vida das pessoas. Por isso, tem como braço do projeto Ventos que Transformam, o equilíbrio hídrico. A falta de acesso à água potável ainda é questão dramática nas regiões do Nordeste. A empresa leva água potável para comunidades no Ceará, que estão no entorno de seus complexos eólicos.

*informações retiradas do Relatório de Conjuntura de Recursos Hídricos no Brasil de 2017.